Os desafios encontrados no processo de elaboração de um orçamento de obras

O processo de elaboração de um orçamento de obras é uma prática pouco explorada no mercado.

Normalmente, os empreendimentos são construídos com base em experiências anteriores do engenheiro e em modelos que podem se mostrar incompatíveis com o resultado que se espera.

Entretanto, se você quer iniciar uma obra tendo uma boa segurança dos custos envolvidos, veja agora quais são os principais desafios durante essa elaboração.

Orçamento de obras

1. Informações em fase de definição

O primeiro desafio encontrado durante a elaboração de um orçamento de obras é saber interpretar todas as informações que se tem em mãos.

Diferente de outros setores em que os orçamentos são calculados e definidos com base em informações já consolidadas, o pedido de obra é entregue com base em um projeto de arquitetura com suas especificações de acabamento em fase de revisão.

Neste momento, uma saída confiável para este desafio é fazer o levantamento dos itens junto ao cliente para conseguir determinar alguns custos mais básicos.

2. Conhecimento técnico e prático na construção civil

Ao montar uma equipe para a realização da obra, o orçamento deve ser uma função exercida especificamente por um profissional que tenha profundo conhecimento na área da construção civil.

É desejável que o encarregado por elaborar o orçamento tenha experiências em obras e seja formado em engenharia civil.

O desafio fica por conta do conhecimento prático do responsável pelo orçamento. É necessário que se tenha visão e entendimento em estrutura, alvenaria, revestimentos, elétrica e hidráulica.

Por se tratar de um processo que acaba por ser definido durante a realização da obra, este profissional precisa assumir uma postura analítica para que se faça um bom levantamento de custos e não estoure o orçamento de obras proposto.

3. Incompatibilidade de custos

Durante o processo de construção, é comum que o responsável pelo projeto se depare com custos incompatíveis com o desejo prévio do cliente. Essa incompatibilidade pode gerar custos extras e um possível atraso na entrega do empreendimento.

Para sanar esse problema, o orçamentista pode consultar tabelas referenciais para a análise de custos que podem vir a surgir no meio da execução do orçamento de obras (SINAPI, SICRO, ORSE).

Caso a incompatibilidade persista por conta de necessidades especiais do empreendimento, o orçamentista pode adaptar esses referenciais a sua realidade no momento, tentando assim sanar a dificuldade na obtenção dos coeficientes de consumos e preços do mercado.

4. Controle do orçamento

Outra grande dificuldade encontrada durante o processo de elaboração de um orçamento de obras é conseguir realizar o seu controle.

Com fórmulas, cálculos e somatórios em excesso, as planilhas eletrônicas mais comuns podem fazer com que surja uma célula indevida e acuse um cálculo equivocado que pode fazer com que os custos da obra se desencontrem.

Para que esse desafio seja vencido, a equipe precisa usar um sistema automatizado e atualizado que seja especializado na composição de custos de obras. Com o uso dessa ferramenta, é possível reduzir 80% do tempo gasto na elaboração do orçamento de obra.

Visite o nosso site e conheça nosso sistema de orçamento de obras da construção civil.

Related Posts