Segurança no Canteiro de Obras

Principais causas de acidentes na construção civil e algumas medidas essenciais para preveni-los

A segurança no canteiro de obras é um aspecto fundamental em qualquer projeto de construção civil. De acordo com dados do  Anuário Estatístico da Previdência Social (AEPS) o setor da construção civil é responsável por um alto número de acidentes e fatalidades. A Construção de Edifícios, está na sexta posição, do setor da economia com a maior quantidade de trabalhadores afastados por acidentes de trabalho, com 10.641 afastamentos do trabalho no país.

SEGURANÇA NO CANTEIRO DE OBRAS

Esses números alarmantes destacam a importância de medidas de prevenção e segurança no ambiente de trabalho da construção civil. Portanto, visando aumentar a Segurança no Canteiro de Obras, vamos abordar as principais causas de acidentes nesse setor e discutir medidas que podem ser adotadas para evitar tais incidentes.

Principais Causas de Acidentes na Construção Civil

A negligência por parte das construtoras é uma das causas de acidentes na construção civil.  Sendo que, a falta de sinalização adequada, a utilização incorreta de equipamentos e a falta de treinamento dos funcionários são exemplos de negligência que podem resultar em acidentes graves.

Além disso, a falta de cuidado na instalação de fiações elétricas e a ausência de medidas de segurança para prevenir doenças dermatológicas também são consequências da negligência das construtoras. Essa falta de atenção à segurança dos trabalhadores pode levar a danos à saúde e até mesmo à perda de vidas. É fundamental que as construtoras adotem práticas de segurança e sigam as normas e orientações da segurança do trabalho para evitar acidentes e garantir a proteção dos trabalhadores.

Porém, sabe-se também que muitos trabalhadores não têm a cultura do uso de equipamentos de proteção e acabam negligenciando sua utilização. Até muitas vezes pelo próprio histórico de nunca ter acontecido nenhum acidente com ele e pela autoconfiança. No entanto, é fundamental que todos os profissionais estejam conscientes de que o uso adequado desses equipamentos é essencial para garantir sua segurança, integridade física, proteção individual e coletiva.

Portanto, é fundamental que tanto os empregadores, mas também os operários estejam cientes das principais causas de acidentes na construção civil e adotem medidas de prevenção para garantir a segurança de todos os envolvidos, utilizando equipamentos de qualidade, que estejam de acordo com as normas vigentes.

Algumas normas regulamentadoras para a construção civil

Para garantir a segurança dos trabalhadores e prevenir acidentes, existem as Normas Regulamentadoras (NR) na construção civil. Essas normas são compostas por regras, requisitos e instruções relacionadas à segurança do trabalho, visando preservar a saúde e integridade dos profissionais envolvidos. Entre as principais normas regulamentadoras para a construção civil estão a:
  • a NR-06, que estabelece o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
  • a NR-09, que trata da prevenção contra riscos ambientais;
  • a NR-10, que estabelece precauções em relação à eletricidade;
  • a NR-12, diz respeito à segurança do trabalho de máquinas e equipamentos;
  • a NR-15, que determina as condições de insalubridade;
  • a NR-16, que especifica as condições de periculosidade;
  • a NR-18, que trata das atividades exclusivas da construção civil;
  • a NR-33, estabelece os requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho em espaços confinados;
  • NR 35, estabelece os requisitos para a segurança das atividades realizadas nas alturas acima de 2 metros do nível do solo.
É fundamental que as empresas do setor da construção civil estejam em conformidade com essas normas, a fim de garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável para todos os colaboradores.

Medidas de Prevenção de Acidentes para Aumentar a Segurança no Canteiro de Obras

Abaixo estão listadas seis medidas que devem ser aplicadas nos canteiros de obras:
  1. Quedas de Nível: Um dos acidentes mais comuns na construção civil são as quedas de nível. Para evitar esse tipo de acidente, é importante garantir que os trabalhadores tenham acesso seguro aos diferentes níveis de altura e que sejam adotadas medidas de proteção, como o uso de equipamentos de segurança adequados.
  2. Treinamento adequado: Todos os funcionários devem receber treinamento específico para cada equipamento utilizado, além de serem orientados sobre o uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPIs). É fundamental, conscientizá-los da importância do uso.
  3. Sinalização eficiente: É imprescindível manter uma boa sinalização nos canteiros de obras, informando locais de risco ou de atenção. Além disso, é importante manter todas as ferramentas e equipamentos guardados em locais seguros e apropriados.
  4. Inspeção regular dos equipamentos: Os equipamentos utilizados na construção civil devem passar por inspeções regulares para garantir que estejam em boas condições de funcionamento. Equipamentos em má condição podem causar graves acidentes, como choques elétricos.
  5. Cuidados com a saúde dermatológica: Além dos acidentes físicos, é importante também prevenir doenças dermatológicas. Os trabalhadores devem utilizar EPIs adequados para proteger a pele contra substâncias químicas e agentes nocivos presentes no ambiente de trabalho.
  6. Adoção de medidas de prevenção contra incêndios: Isso inclui a instalação de sistemas de detecção e combate a incêndios, como alarmes e extintores de incêndio, além de garantir a correta sinalização de saídas de emergência e rotas de fuga. Além disso, é fundamental promover treinamentos e capacitações para os trabalhadores, a fim de que saibam como agir em caso de incêndio e estejam preparados para lidar com emergências.
Ao adotar essas medidas de prevenção, é possível reduzir os riscos de acidentes e contribuir para um ambiente de trabalho mais seguro na construção civil.

Conclusão

É fundamental priorizar a segurança no canteiro de obras em todo setor da construção civil, implementando medidas como sinalização adequada, treinamento, manutenção de equipamentos e uso de EPIs para reduzir os riscos no canteiro de obras. Empregadores e operários devem seguir as normas de segurança do trabalho para garantir um ambiente saudável e seguro para todos.

Related Posts